25/05/2017

Caminhada da Adoção 2017

No último dia 21, participamos da Caminhada do Dia Nacional da Adoção que aconteceu na Avenida Paulista.
Foi um dia muito especial onde famílias, grupos de apoio e militantes se reuniram em favor das nossas crianças e adolescentes.
Confira algumas fotos:















Dia Nacional da Adoção

Estamos no dia 25 de maio...Dia Nacional da Adoção!!!
O que dizer?!
Adoção é a forma que me tornei filha de Deus, através de Jesus Cristo!!!
Adoção é a forma que me tornei mãe!!!
Adoção é a forma que completei minha família...meu sonho concretizado!!!
E eu...só posso agradecer por essa forma de amar e por viver tudo isso!!!
Fácil?! Jamais!!!
Possível?! Sim!!!
Parabéns a todos os envolvidos e engajados!!!


21/05/2017

Escolha de Amar no Berenice e você

Na última sexta (19), Isa e eu (Elias estava no trabalho), fomos gravar o programa Berenice e você da Rede tv pra falarmos das realidades da adoção.
Foi um momento muito legal!!!
O programa passa todos os domingos as 15h na Rede tv.
Confira as fotos da gravação:







E pra quem não assistiu nossa participação, clique aqui  para assistir o programa.

Beijinhos
Priscila Pas

14/05/2017

Nosso 2° Dia das Mães

Hoje foi nosso 2° dia das mães juntas!!!
Confesso que o 1° Dia das mães que tive, não foi dos melhores. Estávamos nos adaptando e os conflitos estavam a todo vapor.
Mas esse...esse foi diferente!!!
Recebi muito carinho o dia todo!!!
Na igreja, Isa solou pela primeira vez no coral de crianças e foi bem na música em homenagem as mães. Chorei emocionada!!!
Recebi uma pulseira, um caderno todo customizado por ela. Já havia recebido um cartão feito na escola.


Mas foi a noite que eu vivi muitas emoções...
Isa deitou ao meu lado na cama pra assistir televisão e uma reportagem mostrava uma linda história de adoção. Assim que a reportagem acaba, Isa vira com os olhos marejados e pede que eu a olhe nos olhos:
-Mãe...obrigada por ter me escolhido!!!
Dei um abraço apertado e disse que ela que havia me escolhido e que a amava muito!!!
Ela continuou:
-Mãe...no abrigo, todos os dias das mães eu ficava triste e pensando. A gente não tinha uma mãe pra amar, ter carinho, fazer comida junto, cantar...é muito bom ter uma mãe pra fazer tudo isso!!!
Meu coração se despedaçou...primeiro em pensar no quanto minha filha me esperou e depois em quantas crianças ainda esperam por esse momento.
Fizemos nossa rotina noturna juntas, oramos...na oração agradecemos por termos uma a outra...demos um abraço que dessa vez foi mais longo que o comum e Isa foi dormir...
Foi dormir na certeza que agora ela tinha seu sono velado e eu aqui...na certeza de que encontrei o maior amor do mundo e que preciso ser cada dia mais grata, pois Deus não me deu só uma filha...me deu o maior presente que alguém poderia receber!!!
Quantas coisas passamos, lutamos, vencemos e hoje viver esse momento me mostra que acertando e errando, fácil ou difícil...o amor é capaz de transformar e vencer tudo!!!
Adoção tardia...é sim possível!!! E viver tudo isso...é um privilégio!!!♡

Priscila Pas

11/05/2017

Papel Especial

E ontem ela chegou...a tão esperada certidão de nascimento!!!
Isso significa que acabou a luta e vencemos a batalha!!!
Isa sempre foi nossa filha de alma e coração, mas agora também é no papel!!!
Deus foi fiel todo esse tempo e nos permitiu viver nossa bênção completa!!!
Como narrei nas Redes Sociais, fizemos uma surpresa pra Isa. Colocamos a certidão numa caixa e pedimos que ela abrisse. Quando ela viu...comemorou, leu várias vezes e queria até dormir abraçada com a certidão...rs
Hoje ao acordar...notei Isa diferente!!! Ela levantou cedo, escolheu uma roupa, se penteou, colocou brinco, acessórios, maquiagem...
Perguntei por que ela estava tão vaidosa e a resposta foi que ela estava se sentindo especial!!!
Sim...o impacto de um simples papel pra tantas pessoas, mas que pra nós é tão importante, fez com que Isa acordasse plena, feliz e sentindo-se especial por saber que agora ela pode acordar todos os dias sabendo que tudo acabou e que ela é nossa filha PRA SEMPRE!!!
SIM...O AMOR VENCEU e nós estamos vivenciando ele em toda sua essência e plenitude e posso dizer que não existe nada melhor do que isso!!!
Sim...nossa família é formada pela adoção!!! Nossa família existe e é legítima!!!
Obrigada, Deus!!!



10/05/2017

A mãe que eu deveria ser

Logo cedo, a caminho da escola, Isa me deu essa florzinha acompanhada de um beijo e um "EU TE AMO, MAMÃE" cheio de ternura!!!


Depois que a deixei na escola, segurando a florzinha na mão, voltei refletindo...
Como toda mãe, me culpo!!!
Me culpo por não poder fazer mais por minha filha.
Me culpo de não ter uma vida melhor, uma casa maior pra ela.
Me culpo por muitas vezes ter perdido a paciência, erguido a voz ou não ter a compreendido de alguma maneira.
Me culpo por não ter a encontrado antes e evitado que ela sofresse tantas coisas.
E por último...me culpo, pq a sociedade me culpa...a sociedade culpa as mães por tudo!!! E acreditem...por ser mãe por adoção, sou ainda mais perseguida e julgada...por puro preconceito!!!
Mas sabe...quando recebo gestos de amor tão simples como esse. Quando recebo um beijo, um abraço, um olhar, um carinho, um "eu te amo", "amo minha família"...enfim...
Vejo que pra minha filha nada disso importa!!!
Pra ela, o importante é eu estar ali. É ela me ter como mãe!!! Pra ela, sou a mãe "perfeita", a mãe que deveria estar ali!!!
Sou a mãe que quando ela caiu da cama essa noite (sim...ela sonhou e caiu da cama...rs) a levantou, abraçou e disse que estava tudo bem!!!
Sou a mãe que dou a mão pra que ela atravesse a rua (e vcs não sabem a importância que isso tem pra ela)!!!
Sou a mãe que oro com ela todas as noites, a cubro e a beijo!!!
Sou a mãe que deveria ser e dou o meu melhor, mesmo errando!!!
Quando percebo tudo isso, vejo que pouco importa o julgamento das pessoas ou minhas próprias culpas...o que importa é o que minha filha pensa de mim!!!
E cada vez mais vou me dedicar a ser, dentro das minhas possibilidades, a melhor mãe que ela poderia ter...pq amor, ah...amor não falta!!!

Priscila Pas

05/05/2017

Maternidade Adotiva

Não te esperei em meu ventre por 9 vezes, mas senti a angústia de te esperar dia a dia na incerteza de quando você chegaria.
Não te senti mexendo na barriga, mas senti as contrações do meu coração enquanto aguardava sua chegada.
Não te dei a luz num parto normal ou cesariana, mas você deu a luz a minha vida quando nasceu pra mim.
Não vi seus primeiros passos, mas me emocionei ao te ver caminhar em minha direção quando nos encontramos.
Não ouvi suas primeiras palavras, mas meu coração derreteu ao te ouvir me chamar de mãe pela primeira vez.
Não te acalentei no colo pequena, mas hoje posso te segurar em meus braços todos os dias.
Não te amamentei em meu seio, mas hoje posso sentar ao seu lado na mesa e te alimentar com o que mais gosta.
Não fui no seu primeiro dia de aula, mas vi sua emoção ao ter uma mãe para te levar pela primeira vez na escola.
Não fui na sua primeira reunião de pais, mas me emocionei ao ver sua evolução e ouvir da professora que você é especial.
Não estava lá quando teve pesadelos, mas hoje acalento teu sono e te cubro todas as noites.
Não enxuguei suas primeiras lágrimas, mas hoje posso te abraçar forte quando precisar de apoio.
Não vi seu primeiro sorriso, mas tenho a emoção de ver você sorrindo a cada nova descoberta.
Não estivemos juntas por algum tempo, mas agora que nos encontramos, estaremos pra sempre vivendo esse amor.
Sim...somos mãe e filha com toda profundidade, verdade e essência...e se isso não é amor, desconheço o que seria!!!

Priscila Pas